de Capuccini Brasil

Para eles: 10 erros comuns que atrapalham o emagrecimento

SHARE
, / 661 0

alimentos

 

Atualmente, os pais estão cada vez mais preocupados em manter o peso e, muitas vezes, a luta contra a balança parece não ter fim. A nutróloga Patricia Cavalcante explica que uma das formas mais eficazes e rápidas de emagrecer é controlando a liberação do hormônio insulina, que é sempre liberado quando se ingere carboidratos. “E quanto maior for a carga glicêmica do alimento, maior será a liberação de insulina. Logo, para emagrecermos devemos evitar alimentos que possuem alta carga glicêmica como açúcar, carboidratos simples e refrigerantes”, afirma.  Então, fique atento a 10 erros que atrapalham o emagrecimento:

1  – Substituir açúcar por açúcar mascavo, açúcar de coco, açúcar demerara, mel…

“Obviamente que açúcar mascavo ou demerara são opções melhores que o açúcar refinado, mas açúcar é açúcar. E se você está tentando emagrecer, deve evitar qualquer tipo de açúcar”, afirma.

2 –  Substituir pães e massas pelas versões integrais

Para a nutróloga, da mesma forma que o açúcar, mesmo os pães e massas integrais são vilões para quem luta contra a balança. “Todos são carboidratos, e mesmo na versão integral possuem uma carga glicêmica elevada, o que atrapalha o processo de emagrecimento”.

 3 –  Tomar suco de frutas

Para quem abusa dos sucos de frutas, muita atenção: algumas frutas possuem bastante frutose (açúcar da fruta). “Para um suco de laranja, por exemplo, usamos 5 frutas, significa ingerir de uma vez grande quantidade de açúcar, na forma líquida, e sem as fibras,  que são perdidas  quando se espreme, coa ou bate a fruta no liquidificador”, afirma.

4 –  Substituir os laticínios pelas versões light!

E quanto aos laticínios versão light? “Esses produtos possuem menor quantidade de gordura em suas formulações, no entanto a versão desnatada é geralmente acrescida de açúcar. E mesmo as versões “zero açúcar” podem ser adoçadas com maltodextrina, que possui uma capacidade maior ainda que o açúcar de nos engordar”, explica.

5 – Comer barrinhas de cereais como lanche

A especialista explica que as barrinhas, não são inofensivas. “ Elas são feitas com mais açúcar do que cereal. Não só as barrinhas, mas qualquer carboidrato puro como lanche.  É importante consumir esses lanches combinados com carboidrato, com uma fonte de gordura ou proteína para evitar a liberação de muita insulina”, afirma.

6 –  Usar adoçantes em exagero

“Já se sabe hoje em dia que alguns adoçantes são extremamente maléficos para a saúde e alguns ainda estimulam a produção de insulina. Isso mesmo, dificultam o emagrecimento. Alguns estudos ainda indicam que eles aumentam o apetite e estimulam a compulsão por doces. Procure utilizar apenas adoçantes naturais”, declara.

7 –  Comer pouco?

E quanto a comer pouco para evitar ganho de peso, a nutróloga alerta: “Não precisa comer pouco para emagrecer, basta saber a hora certa de consumir os alimentos e saber combiná-los”.

8  – Substituir refeições por “shakes”

E em relação ao uso de “shakes”, a especialista cita que é sempre melhor optar por uma refeição que fornecerá energia e vitaminas necessárias para o corpo, além de promover maior saciedade.  Por tanto, nada de substituir shakes por refeições.

9  – Contar calorias

E para quem conta calorias? “Mais uma vez, o importante não é a caloria em si, mas a composição da sua refeição”, destaca.

10  – Abusar do álcool

“Não há emagrecimento sustentável quando se exagera nas bebidas alcoólicas. Prefira bebidas como vinho tinto ou destilados sem açúcar e consuma 1-2 doses por semana”, ressalta.

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.

PASSWORD RESET

LOG IN